Novo exame de sangue pode detectar ataque cardíaco

LONDRES – Um novo exame de sangue pode reduzir pela metade o número de pessoas internadas em hospitais com suspeita de ataque cardíaco. Segundo médicos britânicos, o teste rápido, que procura por uma composição química no sangue, reduziria o estresse para os pacientes, além de economizar dinheiro e aliviar o fluxo nas enfermarias.

Estima-se que cerca de um milhão de pessoas buscam atendimento no Reino Unido com dor torácica todos os anos, sendo que a maioria recebe alta após uma longa e ansiosa estadia no hospital. O procedimento foi testado em 6.304 pessoas e, segundo uma pesquisa publicada na “Lancet”, tem eficácia de 99,6%.

De acordo com a Fundação Britânica de Saúde, o teste proporciona respostas rápidas sem afetar a segurança dos pacientes. Com o novo procedimento, os pacientes têm níveis de troponina, uma substância química liberada pelo músculo cardíaco danificado, testados quando chegam ao hospital e novamente, 12 horas depois. Aqueles que apresentam níveis baixos, podem ser liberados.

O estudo foi conduzido pela Universidade de Edinburgh, com os testes realizados em hospitais escoceses e americanos. Os resultados mostraram que dois terços dos pacientes poderiam ser diagnosticados mais rapidamente.

Um dos pesquisadores, o médico Atul Anand, disse à “BBC” que as respostas ao procedimento foram animadoras:

– Entre os pacientes que iam para as enfermarias de clínica médica com dor torácica, 80% voltavam para casa 12 horas depois.

Segundo ele, o teste pode custar de menos de 10 libras aos hospitais, embora nem todos já tenham os suportes necessários para fazê-lo.

O GLOBO

Rocha Lima – O Laboratório de São Caetano.
Análises Clínicas, Vacinações e Ultrassonografia.

1 pensamento em “Novo exame de sangue pode detectar ataque cardíaco”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *