Mudanças no jejum para exames laboratoriais

A necessidade de jejum para exames de laboratórios tem ocupado a mídia e causando desinformações junto aos usuários e a classe médica. Alguns movimentos, provenientes da escola europeia, já aboliram o jejum para os exames laboratoriais, deixando a decisão para o médico assistente, no entanto, a maior exigência para manter o jejum de 12 horas sempre foi responsabilidade da dosagem de lipídios, em especial a dosagem de triglicérides.

Os laboratórios vêm, aos poucos, reduzindo o jejum para os exames e mantendo o de 12 horas somente para os receituários que tem Triglicérides. Com a publicação do Consenso Brasileiro para a Normatização da Determinação Laboratorial do Perfil Lipídico foi criada a flexibilização do jejum para avaliação do Perfil Lipídico pelas sociedades médicas Considerando que no estado de não jejum, ou estado alimentado, o paciente está mais exposto aos níveis de lipídes em comparação com o estado de jejum, podemos afirmar que o impacto no risco cardiovascular é potencialmente maior e mais representativo no estado de não jejum.

Ainda, segundo o consenso, as dosagens em estado alimentado são mais práticas, viabiliza maior acesso do paciente ao laboratório, com menor perda de trabalho, abandono de consulta médica por falta de exames e maior acesso à avaliação do risco cardiovascular.

A coleta no estado alimentado é mais segura em diversas situações, como por exemplo; no paciente com diabetes melitus usando insulina, cujo risco de hipoglicemia pelo jejum prolongado pode causar acidentes.

As determinações de colesterol total, não-HDL, HDL-colesterol e LDL-colesterol não diferem significativamente nos estados de jejum e alimentado. Há aumento nos níveis de triglicérides no estado alimentado, porém este aumento é pouco relevante desde que se considere uma refeição usual não sobrecarregada em gordura, havendo a possibilidade de se ajustar os valores de referência no laudo.

Com o jejum flexível para perfil lipídico há maior flexibilização de horários, traduzindo em conforto ao paciente que poderá vir ao laboratório em horários diferentes do período da manhã.

O Laboratório Rocha Lima está adequado as orientações e os preparos do novo consenso médico, lembrando apenas, que existem ainda alguns exames que necessitam de jejum. Solicite sempre orientação sobre o preparo antes de vir colher material.

 

Rafael de Menezes Padovani
Diretor Técnico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *